O que eu preciso saber para começar o meu e-commerce?

O comércio virtual tem ganhado força conforme as pessoas aderem ao processo de compras online, e já corresponde por cerca de 4% do PIB atual. Por conta disso, é preciso se posicionar para potencializar o número de vendas e usufruir dessa nova forma de comercializar seus produtos. Mas o que é um e-commerce?

O que é um e-commerce?

Para começar, um e-commerce é todo tipo de venda que acontece totalmente via internet. É uma plataforma digital que traz os produtos de uma única empresa, fabricante ou revendedor, onde não há um intermediador no processo de vendas.

O e-commerce permite liberdade quanto ao gerenciamento, a estrutura e o design do site em relação a plataformas de hospedagem de lojas virtuais, o que facilita a criação de ações promocionais futuras.

O e-commerce digitaliza a venda e o atendimento ao cliente, e também possibilita outras formas de automação, como marketing, controle de finanças e estoque.

Tipos de e-commerce

Os e-commerces podem ser segmentados da seguinte forma:


B2B – Business to Business

E-commerces criados por fabricantes ou distribuidores, com o objetivo de vender especificamente para empresas. Pode ser visto como uma venda em atacado no modelo tradicional.

B2C – Business to Consumer

O tipo de e-commerce mais popular. É como o varejo tradicional: revendedores, fabricantes e varejistas usam suas lojas virtuais para vender aos consumidores finais.

C2C – Consumer to Consumer

Nesse caso, são enquadrados sites de e-commerce onde qualquer pessoa pode cadastrar e vender seus produtos, também conhecidos como marketplaces, onde o site não é personalizável e a venda é realizada por meio de um intermediador.

Como posso começar meu e-commerce?

Para quem trabalha com comércio, o e-commerce é uma ótima alternativa para aumentar as vendas e fazer com que mais pessoas conheçam seu negócio. Entretanto, é necessário saber que manter uma loja online não é simplesmente cria-la e hospedá-la na rede.

Antes de mais nada, é preciso saber como será seu modelo de negócio, e qual será sua estratégia de posicionamento virtual, afinal, para que as pessoas tenham acesso ao site de seu e-commerce, elas precisam vê-lo e conhece-lo. Para isso, é necessário ter tráfico, o que implica o uso de serviços de SEO, ou seja, estar entre os principais resultados do Google quando pesquisam pelo seu produto.

Outro fator essencial é possuir um gateway de pagamento, como PagSeguro, PayPal entre outros. Os gateways de pagamento são as empresas que intermeiam as transações entre seu consumidor e os meios de pagamento. Nesse caso você mesmo precisa gerenciar essa relação e acompanhar as transações. Contratar uma empresa que faça isso por você garante muito mais segurança para a sua loja e tranquilidade para o consumidor.

Também é fundamental ter SSL (Secure Sockets Layer) no e-commerce, que é um tipo de segurança digital que permite a comunicação criptografada entre um site e um navegador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu